Posts Tagged ‘pinot noir’

Um amor de 2000 anos

22 de setembro de 2015
Clique na imagem para ampliar.

Clique na imagem para ampliar.

Folha de São Paulo: Pinot Noir versátil.

11 de setembro de 2015

Folha

 

Pinot noir versátil

“Pinot noir expressa o terroir melhor que qualquer outra variedade. O que importa na Borgonha não é exatamente o gosto da uva, mas o gosto do terroir, das condições de clima e do solo onde ela cresce.”

Com afirmações como esta (neste caso, de ninguém menos que o proprietário da Romanée-Conti, produtor de um dos vinhos mais icônicos –e caros– da Borgonha) os bourguignons mantiveram a pinot noir praticamente como uma exclusividade deles –já que ela não poderia se expressar se não fosse naquele lugar.

Madame Bize-Leroy, lenda viva dali também, reforça: “Pinot noir tem um gosto. Mas ele não me interessa. Apenas vinhos de regiões menores têm vinhos com gosto da pinot. Temos um termo pejorativo para isso que é “pinoter” –ter gosto de pinot noir”.

Acontece que a pinot noir não expressa melhor o terroir que outras. Prove um vinho de Côte-Rôtie e de Cornas, regiões do vale do Rhône, ambos feitos com syrah e verá: nâo têm nada a ver. Ou prove um cabernet do Maipo ou do Maule, no Chile: são completamente diferentes.

Ou seja, mesmo fora da Borgonha, dá sim pra cultivar pinot noir que resulte em vinhos interessantes, de sabores variados. Sim, ela é difícil e, claro, os bourguignons levam uma vantagem de mais de 1.000 anos de “savoir-faire” sobre qualquer outro lugar.

Mas, qual o problema de um vinho ter apenas uma expressão frutada da uva, sem necessariamente expressar um terroir específico? São apenas interpretações humanas diferentes sobre como um vinho –independente de ter mas ou menos complexidade – pode ser simplesmente saboroso.

Givry 1er Cru Laurent Parize 2011
Pura delicadeza com notas de pétalas de rosa e pitanga, boca fresca e delicada
REGIÃO França – Borgonha
QUANTO R$ 174
ONDE Tastevin; tel. (21) 2633-8866

Nimbus Single Vineyards Pinot Noir 2012
Boa fruta, mas num estilo mais terroso e firme, robusto, com final cheio
REGIÃO Chile – Casablanca
QUANTO R$ 120
ONDE Casa Flora; tel. (11) 3327-5167

Cono Sur Bicicleta Pinot Noir 2014
Estilo mais tostadinho, com uma nota de geleia, taninos firmezinhos, pede uma comida mais gordurosa
REGIÃO Chile
QUANTO R$ 35,89
ONDE Pão de Açúcar; paodeacucar.com.br

Trapiche Pinot Noir 2013
Bem leve e delicado, com algo de groselha e amora, melhor se tomado fresco
REGIÃO Argentina
QUANTO R$ 42,49
ONDE Imigrates Bebidas; tel. (11) 5067-2700

 

Listinha da Semana – 21 de março

27 de março de 2014

Listinha da Semana – 21 de março 2014

Wakefield Estate  Riesling 2013 (Clare Valley – South Australia)   Onde: Wine Store 

Hardys Nottage Hill Merlot 2012 (South Australia)  onde: Wine.com.br 

Oxford Landing GSM – (Barossa – South Australia) Onde: Sommelier Vinhos 

Cranswick Cabernet Sauvignon  2010 (South Australia)  –  Onde: Zona Sul Vinhos 

Coldstream Hills Pinot noir  – Onde: Mistral 

Element Sandalford 2005 (Western Australia) Onde: SmartbuyWines 

 

 

imagesÁudios da Semana

17/03 – Vinhos encorpados australianos estão sofrendo mudanças

18/03 – Vinhos australianos das regiões de Barossa e Coonawarra

19/03 – Região de Victoria, na Austrália, abriga uma espumantes e chardonnays muito interessantes

20/03 – Vinho Syrah vai bem com pratos que tenham molhos de fruta

Listinha Especial – Nova Zelândia – 10 de março

12 de março de 2014

Listinha Especial – Nova Zelândia – 10 de março

Villa Maria Pinot Gris Private Bin 2010 –  R$ 64,00 – onde: Vinci

Villa Maria Merlot – Cabernet Private Bin 2009 – R$ 63,21 – onde: Vinci

Riesling Marlborough YEALANDS WAY – R$ 52,32 – onde: Pão de Açúcar

Pinot Noir YEALANDS WAY – R$ 54,90 – onde: Pão de Açúcar

Saint Clair Vicar´s Choice Riesling – R$ 73,00 – onde: Emporium Dinis

Isabel Estate Pinot Noir 2005 – R$ 182,97 – onde: Mistral

Hunter’s Pinot Noir 2011 – R$ 138,51 – onde: Premium

Neudorf Chardonnay 2009 – R$ 148,65 – onde: Premium

Neudorf  Tom’s Block Pinot Noir 2007 – R$ 172,29 – onde: Premium

Áudios da Semana

images07/03 – Em visita ao extremo Norte da Nova Zelândia, uma parada essencial é o vale do rio Wairau

06/03 – O destaque da cidade de Nelson, na Nova Zelândia, é o Chardonnay

05/03 – Região de Marlborough, na Nova Zelândia, oferece o “Cloudy Day”, principal sauvignon blanc do país

04/03 – Em viagem pela Nova Zelândia, Alexandra fala sobre os vinhos do país

Listinha 27 dez – Nova Zelândia, Austrália, Africa do Sul

27 de dezembro de 2013

Nova Zelandia

Yealands – Pinot noir (tinto) ou Sauvignon blanc 45 onde: Pão de Açucar

Sanctuary Sauvignon blanc onde: Lojabebidas 68

One Tree Sauvignon blanc80 onde: winestore

Australia

Hardy’s Stamp of Australia Gewurztraminer onde: wine.com.br

Diamond Pinot noir promoção 50,00 onde: Vinci 

Promised Land – Wakefield (+- 66) shi cab ou chard unoaked – wake é 80

África do Sul

Goats do Roam branco e tinto  68,00 onde: Viavini

Winery of Good Hope Pinotage 50 – onde: Qual Vinho

 

Ouça: Pinot Noir

25 de julho de 2012

Hoje é a vez da Pinot Noir, a uva mais comparada com as mulheres. Descubra o porque.

Clique na imagem e ouça o áudio.


%d blogueiros gostam disto: