Folha de São Paulo: Vinhos Quentes

by

 

folha

Vinhos Quentes

Quando eu era pequena, vi uma tiazinha na televisão dando receita de vinho quente . Como meu pai não era muito comunicativo, mas adorava vinho, achei que seria o máximo compartilhar com ele essa minha descoberta.

Não deu certo. Ele torceu o nariz quando ouviu e disse que aquilo estragava o vinho. Depois eu cresci, provei e desenvolvi um carinho invernal pelo sabor generoso do vinho quente em festas juninas. No frio, era como um abraço interno e perfumado.

Mas este não é o tema da minha coluna. Ou é. Hoje sempre busco adaptações vinho quente para quem, como meu pai, torce o nariz para misturebas típicas juninas. Na minha mente calculo sabores de canela, a fruta meio cozida e o sabor adocicado que podemos sentir quando o vinho tem alta graduação alcoólica, mesmo sem ter açúcar em sua composição.

Sim, o álcool, esse nosso amigo no inverno, que nos ajuda a esquentar corpo e alma, torna nossas bochechas coradas e, pela mesma ação acalentadora, deixa nossos cérebros soltos e à vontade para papos divertidos.

Na hora de buscar vinhos com essas características, há um elemento essencial a se considerar: pense em lugares onde o clima no verão seja muito quente. Isso porque as uvas que crescem lá acumulam muito açúcar que, na hora da fermentação, transforma-se em níveis consideráveis de álcool.

Além do álcool, aromas de frutas cozidas também se desenvolvem por causa do calor. Regiões clássicas com essa característica: Douro, Alentejo (Portugal), Toro e Ribera del Duero (Espanha), todo o sul da Itália —Puglia, Calábria, as ilhas— e a maioria dos países do novo mundo. Maipo no Chile, Mendoza na Argentina, Napa e Columbia Valley nos EUA.

Se esses vinhos estagiam por barricas de carvalho novo, ganham ainda mais nuances aconchegantes, com toques de canela, cravo, café e chocolate Então, se não quer encarar um vinho quente, que tal um vinho de corpo quente?

Esporão Trincadeira 2015
Muito frutado, com amora, ameixa, licor, leve tostado. Apesar da picada alcoólica, mantém um certo frescor com final cheio e saboroso
REGIÃO Portugal – Alentejo
QUANTO R$ 89
ONDE Qualimpor; tel (11) 5181-4492

Lombardo Marsala Superiore Ambra Secco
Sensacional, com aromas de lareira, tâmaras, figos secos e geleia de laranja. Na boca, apesar da leve doçura, tem uma textura sequinha e acidez perfeita
REGIÃO Itália – Sicília
QUANTO R$ 98
ONDE Casa Flora; tel (11) 3327-5167

Pyros Malbec
Toneladas de frutas super maduras, notas de chocolate e baunilha. Grandão e gorducho em boca, pesado e de final rico, parece quase um vinho do Porto
REGIÃO San Juan – Argentina
QUANTO R$ 152
ONDE Zahil; tel (11) 3071-2900

Horse Heaven Hills Merlot 2010
Geleia de amora de jabuticaba, toques de cravo, pimenta do reino e canela. Boca firme, alcoólica e frutadona.
REGIÃO EUA – Washington State
QUANTO R$ 184
ONDE Wine Brands; tel (11) 2344-5555

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/alexandracorvo/2016/06/1781152-vinhos-quentes.shtml

Tags: , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: