Folha de São Paulo: Vinhos Temperados

by

folha

Vinhos temperados

Comida bem temperada é sempre uma delícia de comer. Mas, muitas vezes, um tormento para harmonizar. Por mais que, normalmente, pensemos no ingrediente principal (peixe? Carne?) os temperos são responsáveis pelo resultado final da harmonia com o vinho.

Pra entender melhor que tipo de bebida escolher, podemos separar os temperos em alguns grupos. Por exemplo, as ervas frescas –manjericão, alecrim, tomilho, orégano– dão um perfume refrescante ao ingrediente principal e são usadas em carnes, em molhos (como o pesto), ou na pizza. Para elas, é legal pensar em tintos ou rosés refrescantes, não exageradamente frutados, mas de perfume também fresco.

Se migramos para o Oriente Médio, perfumes secos e intensos dominam os mercados. Cominho, sementes de coentro, gergelim torrado, nozes, amêndoas, pistache, cravo e canela dão o tom para pratos de carnes ou mesmo de peixes. Para eles, vinhos aromáticos, com notas de especiarias são perfeitos.

Podemos também agrupar alguns ingredientes “vermelhos”, como páprica, cúrcuma, dendê e temperos à base de pimentão (ou que levem pimentão). Assim, podemos colocar paellas, moquecas e currys em um grupo. Além da cor avermelhada, têm perfume seco, delicado, quase floral e com uma nota defumada em maior ou menor intensidade.

O mais importante é fugir de vinhos extremamente frutados, chamativos, muito alcoólicos ou pesadões. Nada contra os vinhos assim, mas às vezes chamam muito a atenção e esmagam os perfumes mais delicados de certos pratos. Então, em volta do mediterrâneo –de onde vêm tantos desses temperos–, vêm também vinhos que combinam com eles. E, fora dali, há a uva carménère, rainha no Chile, um coringa em se tratando de pratos perfumados.

SANTO CRISTO AMPHORA GARNACHA 2013
Pouco perfumado, algo de couro e flor seca. Sequinho e impressionantemente flexível para todo tipo de comida temperada
REGIÃO Espanha – Aragón
QUANTO R$ 74
ONDE Mistral; tel. (11) 3372-3400

Citto Volpaia 2013
Leve floral, frutinhas vermelhas e vegetais assados. Leve e refrescante, flexível para ervas frescas e o grupo dos temperos “vermelhos”
REGIÃO Itália – Toscana
QUANTO R$ 100,05
ONDE Premium; tel. (11) 2574-8303

Emiliana Carmenère 2014
Lembra folha de chá e especiarias. Frutadão em boca, ótimo para carnes com temperos árabes secos ou páprica
REGIÃO Chile
QUANTO R$ 40
ONDE La Pastina; lapastina.com

Coteaux d’Aix en Provence Augustin Florent 2013
Não muito aromático, mas saboroso em boca. Versátil, para todos os grupos de tempero
REGIÃO França – Provence
QUANTO R$ 70
ONDE Carrefour; carrefour.com.br 

Tags: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: