Folha de São Paulo: Os muitos climas da terrinha

by

Os muitos climas da terrinha

Se há um país que está investindo na divulgação de seus vinhos nos últimos dez anos, esse país é Portugal. A Viniportugal, associação portuguesa que promove os vinhos portugueses, tem apostado na educação para atingir esse objetivo.

No mês de abril, participei da Academia Vinhos de Portugal, um programa de formação para profissionais da área, cujo objetivo é suprir de informação aqueles que poderão disseminar a riqueza vitivinícola lusa.

O que confere riqueza ao vinho português, além da multitude de uvas, é a variedade de climas, cujos três mais importantes são Atlântico, Continental e Mediterrâneo.

No caso do clima atlântico, perto da costa, os verões são mais frescos, marcados pela presença da umidade. Os vinhos resultam frescos e elegantes. Bairrada, Vinhos Verdes e Lisboa, por exemplo, são representantes dessas características.

O clima continental que marca o Douro, por exemplo, é caracterizado pelo calor intenso no verão e não é incomum ouvi-los dizer que a região “tem três meses de inverno e nove meses de inferno”. Os vinhos ali são ricos, alcoólicos e frutados, mas com uma certa firmeza e elegância, mantidas pelas noites mais frescas.

O Dão também é mais continental, mas como tem um topografia de serra, é geralmente mais fresco e os vinhos tem maior presença de acidez.

O clima mediterrâneo é diferente. Os verões são bastante quentes, como no Douro, mas sem a amplitude térmica de lá. O resultado são vinhos com aromas de frutas mais cozidas, menos acidez

Para degustar esse riqueza, alguns que provei na academia do vinho português e outras joias que bem representam os diferentes climas da terrinha.

Chaminé – Cortes de Cima 2012
Cerejas negras e uma nota de chá e chocolate amargo. Boca muito frutada, cheio, com taninos firmes
REGIÃO Alentejo
QUANTO R$ 77,50
ONDE Adega Alentejana; tel. (11) 5044-5760

Nossa Calcário – Filipa Pato 2011
Elegantíssimo, jabuticabas e flores frescas. Taninos perfeitos, fundidos, acidez brilhante. Monumental.
REGIÃO Bairrada
QUANTO R$ 204
ONDE Casa Flora; tel. (11) 2186-7676

Leo D´Honor Grande Escolha 2008
Folhas úmidas, pimenta do reino e flor seca. Tanino denso, boca cheia, final potente, mas elegante pela boa acidez.
REGIÃO Península de Setubal
QUANTO R$ 85
ONDE Orion Vinhos; tel. (11) 3331-3808

Vale da Poupa Moscatel Galego 2013
Aroma de tangerina e acerola. Excelente acidez, cheio de sabor com final brilhante.
REGIÃO Douro
QUANTO R$ 102
ONDE Viníssimo; tel. (11) 4195-5554

Tags: , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: