Borbulhas de amor (Folha de SP)

by

folha

Borbulhas de amor

Aaaaaah, (suspiro) o amor O bom e velho Dia dos Namorados, a celebração deste amor.

Uma data comercial? Não, não sejamos tão pequenos. Olhemos essa data como apenas uma desculpa a mais pra beber vinho. E, mais do que tomar um vinho com o ser amado, escolhe-lo com mais cuidado do que o usual.

Sim, vou usar o velho clichê do espumante. Não, não vou ser tão óbvia de dar as deliciosas opções de sempre, tipo Champagne ou espumantes rosados da cor do amor e do pecado.

Quis ir mais longe e provar espumantes de regiões menos conhecidas, de estilos menos falados. Vamos começar pela vizinha Argentina. Que? Espumante argentino, a terra que produz tintos encorpados e alcoólicos sabe fazer boas bolhas? Essa foi minha primeira pergunta, até que degustei um de lá às cegas.

Bela surpresa frutada cheia de sabor, que com certeza agrada a maioria dos paladares ávidos por sabores mais tropicais.

Israel! Que? Sim! Enquanto estão todos de biquíni em Tel-Aviv no verão, nas colinas frias de Golan, você tem que colocar um casaquinho para visitar as vinhas. A região é fresca mesmo no verão e as uvas para espumante têm uma acidez especial que faz dali uma boa fonte de borbulhas crocantes.

A terrinha…Portugal. Não, não é o primeiro país do mundo que nos vêm à mente quando pensamos em beber estrelas: repense. A região de Beiras, que inclui a Bairrada já é icônica na produção deste estilo de vinho.

Com variedades de vinhos de grande potencial aromático, como Arinto, Bical ou a tinta Baga, suas borbulhas são ao mesmo tempo sérias e divertidas.

E, por último, um clássico dos grandes vinhos desconhecidos: Franciacorta. Conhecem? Se não, deveriam. Produzido na região da Lombardia, na Itália, pelo método tradicional, com as chardonnay, pinot noir e pinot blanc. Tem muita profundidade e é bem sério, menos frutado, mais marcado por longos períodos de envelhecimento sobre as leveduras na garrafa.

3B Rosé brut Filipa Pato (Portugal)
Lembra morangos. Boca fresca e bem sequinha.
QUANTO R$ 52,17
ONDE Casa Flora: 0/xx/11 2842-5199

Gamla Brut (Galileia)
Frutado e mineral. Cheio de espuma fofa em boca.
QUANTO R$ 115,00
ONDE Aurora: 0/xx/11 3623-2288

Nieto Senetiner Brut Nature (Argentina)
Muito perfumado, lembra pêssegos maduros. Ótima fruta em boca.
QUANTO R$ 35,06
ONDE Casa Flora: 0/xx/11 2842-5199

Franciacorta Bellavista DOCG Gran Cuvée Rosé Brut 2007 (Itália)
Notas de brioche, mineral e um toque de manteiga. Boca muito ampla, espuma delicada, mas sabor persistente.
QUANTO R$ 298,00
ONDE World Wine: 0/xx/11 3085-3055

Tags: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: