O sempre cremoso Crémant (Folha de São Paulo)

by

O sempre cremoso Crémant

Utilizar a expressão “Champagne francês” é comum, mas redundante. Ora, se a região de Champagne fica na França, obviamente todo vinho produzido na região de Champagne será francês.

Mas, entendo a confusão dos termos para os espumantes. Às vezes, chamamo studo de Champagne por ser a referência mais importante neste estilo. Mesmo assim, há fantásticos espumantes, produzidos na França, fora da região de Champagne, que utilizam também o método de segunda fermentação em garrafa (com se faz em Champagne) que valem a pena conhecer.

Eles são os Crémant. São produzidos em praticamente todas as regiões, mas a grande diferença é, claro, que o terroir – combinação de clima, solos e uvas, é o que vai dar a diferença na produção.

Assim, os Crémant de Bourgogne serão produzidos a partir das uvas Chardonnay e Pinot noir, além da menos conhecida Aligoté. São deliciosos e refrescantes, com toques frutados e minerais. Podem lembram muito um Champagne.

No vale do Loire, a Chenin Blanc dá notas florais e a Chardonnay dá corpo. Outras uvas são autorizadas, como Sauvignon Blanc, Pinot Noir e as locais Pineau d’Aunis e Grolleau.

Na Alsácia, riesling, pinot blanc, pinot noir (para rosés), pinot gris, auxerrois blanc e chardonnay dão estilos sempre perfumados e cheios de fruta.

Os Crémants de Limoux costumam ser sequinhos e minerais, ótimos para aperitivos, feitos com chardonnay, chenin blanc e pinot noir com um pouquinho da uva local mauzac.

Os de Bordeaux são feitos com todas as uvas autorizadas dali: a Sauvignon Blanc que dá frescor, a sémillon dá volume e a muscadelle dá perfuma. As tintas cabernet sauvignon, cabernet franc e merlot podem ser utilizadas na produção de roses. São vinhos refrescantes, mas persistentes e vão bem com várias comidas.

Champagne pode ser um estilo e uma referência, mas não faltam opções para celebrar ou se refrescar com borbulhas na França.
Crémant de Limoux Brut Cuvée  – Collin – Aromas cítricos. Boca refrescante, com boa acidez, extremamente leve.
Premium
R$ 71,46
Tel: 11 2574-8303

Crémant de Loire Carte Turquoise Brut – Domaine Baumard – Notas florais de camomila e erva cidreira. Boca fofa, cremosa e cheia.
Mistral
R$ 99,30
Tel: 11 3372-3400

Crémant de Alsace rosé – René Muré – Muito aromático, com notas de jasmim e pêssego. Corpo médio, fresco, com boa persistência.
Tastevin
R$ 100,00
Tel: 21 2633-8866

Crémant de Bourgogne Brut – Domaine Pierre Labet – Notas de maçã e toques de amêndoas. Boca cheia, ampla, frutada e retrogosto amanteigada.
Decanter
R$ 109,25
Tel: 11 3702-2020

Tags: , , , , ,

Uma resposta to “O sempre cremoso Crémant (Folha de São Paulo)”

  1. O sempre cremoso Crémant (Folha de São Paulo) de sommelierprofissional em Alexandra Corvo « Enogastronomicos Says:

    […] original: O sempre cremoso Crémant (Folha de São Paulo) de sommelierprofissional publicado [dia December 06, 2012 at 03:44PM] em Alexandra Corvo. […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: