Harmonizando costeleta (Folha de SP)

by

Harmonizando costela

26/09/2012 – 03h49

“Vinho tinto com carne, vinho branco com peixe”. Mito. Nem vou entrar na questão de desmitificar. Vou logo é mostrar para vocês como é, porque aqui não há mitos. Há fatos.

Um tipo muito mal harmonizado de carne é a de porco. Talvez, por causa da cara do bicho, associem sua carne com algo forte e poderoso.

Fora o pernil e a paleta, na próxima vez que cravar seus dentes num suculento pedaço de porco, observe o lombo ou a costela suína. A carne é tenra e adocicada.

Por isso combina tanto em molhos perfumados de receitas exóticas, orientais, quanto sozinho num churrasco.

Para vocês verem como as combinações são infinitamente deliciosas –e nunca dá para generalizar– vou focar só na costeleta.

Nas receitas orientais, com molhos adocicados e perfumados de frutas e ervas, brancos aromáticos são a primeira e melhor opção: alvarinhos portugueses, chardonnays de Casablanca, no Chile, ou os fantásticos e cheirosos vinhos da Alsace.

Em comum, têm origem em vinhedos onde se alternam temperaturas quentes, de dia, e frescas, à noite, o que garante corpulência nos vinhos, que se equilibram com boa acidez e perfume intenso.

Para receitas mais sóbrias, só na grelha ou no churrasco, vamos de tintos menos exuberantes. Climas mais frescos, como da Alemanha ou do norte da Borgonha, são uma boa pedida.

Agora, e as receitas de molhos adocicados, à base de frutas escuras ou de shoyu? Fácil: tintos com aromas equivalentes: frutadões, achocolatados e tostados. Os mais harmonizáveis vêm do novo mundo. Mendoza, Califórnia ou Barossa.

Não se trata de desmitificar. Trata-se de sempre pensar um pouco nos elementos do prato e no dos vinhos para acertar melhor na harmonização. Não é mito. É fato.

Muscat d’Alsace – Bott Geyl 2009 (Alsácia)
Muito aromático, com notas de jasmim e flores brancas. Boca seca e redonda
Onde De la Croix, tel. 0/xx/11/3034-6214
Quanto R$ 79

Villard Chardonnay Expresión 2008 (Casablanca, Chile)
Notas de pêssego maduro e manteiga. Boca untuosa, cheia, com bom frescor
Onde Decanter, tel. 0/xx11/3702-2020
Quanto R$ 68,70

Anselmann Pinot noir 2011 (Pfalz, Alemanha)
Aroma de flor seca e pimenta. Seco, redondo, fino e elegante
Onde Vinhos do Mundo, tel. 0/xx11/99491-1077
Quanto R$ 69,90

Villa San Juliette Merlot 2008 (Califórnia)
Notas de frutas negras. Boca firme, tânica, com final tostadinho
Onde Smartbuywines, tel. 0/xx/11/3045-5536
Quanto R$93

Folha de São Paulo

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: