Surpresa do Paraná…de novo.

by

a good white surprise from Paraná

(to read in english, scroll down)

Pois é. Não é a primeira vez que me surpreendo com um branco do Paraná. Da mesma vinícola que provei neste post sobre vinho e feijoada, acabo de provar, numa degustação às cegas, sobre vinhos sulamericanos, um branco impressionante.

Feito com a uva Malvasia de Cândia, o vinho é ultra perfumado, muito limpo no nariz, com toques florais, um pouco de manga verde, uma nota delicada de lichia. É cheio de camadas e muito delicado. Na boca, sobra um pouco de álcool, mas mesmo assim tem frescor e sabor. Não é muito longo nem intenso, mas é fresco, delicado e bem acabado.

É bom lembrar que estamos falando de um vinho de 2008 que, com três anos mantém o frescor no nariz e, de certa forma, em boca também. O vinho custa menos de R$ 20,00 e vale cada centavo. Foram produzidas apenas 4 mil garrafas. Uma jóia. O problema de sempre, encontrá-lo aqui em SP…mas fica o link pra vinícola, onde dá para comprar pelo site. dezem.com.br

GOOD SURPRISE FROM THE STATE OF PARANÁ

That’s right. It’s not the first time I  am surprised by a white from Paraná, a southern brazilian state, that only recently started producing wines.  From the same winery I  posted  about wine and feijoada (the most internationally known brazilian food – black beans and meat) where I matched a great white from the same winery that worked out pretty well with this meaty strong flavores food.

This one is made with the  Malvasia de Cândia grape, the wine is very perfumed, very clean on nose , with a touch of flowers, a little bit of green mango, a delicate note of lychees. It’s full of layers and very delicate.  On palate there is an alcohol left over, even so it has freshness and flavour.  It’s not very long or intense, but it is fresh,  delicate and well finished.

Let’s remember we are talking of a wine from 2008 which, after three years keeps the freshness on nose, and in a way, on palate too. It costs less than R$20,00 and is worth every cent. Only 4 thousand bottles were produced . A jewel. The usual problem is  to find it here in São Paulo. …..but here is the link of the winery where one can get information on suppliers . dezem.com.br

4 Respostas to “Surpresa do Paraná…de novo.”

  1. Carol Says:

    rsrsrs…Surpresa e nao te ver corrida de degustacoes por tanta n bobagens que diz…
    Tao cedo nao pisa no RS hem?

    • sommelierprofissional Says:

      não, meu amor. estive há pouco no lindo estado do RS visitando amigos produtores que fazem trabalho sério e não acham que eu devo mentir sobre a minha opinião em relação ao vinho deles. Gente infeliz como você sempre aparece. É tão fácil escrever coisas sem ter que mostrar a cara, não é? Eu, ao contrário de covardes da sua raça, mostro a cara, dou minha opinião e assino embaixo. um grande abraço e obrigada por prestigiar meu blog.

  2. Claudioa Reis - Owener of Press à Porter Gestão de Imagem Says:

    O que acho maravilhoso em você, Alê, é essa absoluta independência, Li sobre esse vinho do Paraná, despretensioso e cheio de qualidades — só não sei ainda onde comprar aqui em sampa e amaria provar — e lembrei de um filme que meu marido comprou recentemente, sobre o célebre julgamento de Paris. Os críticos esnobes franceses apenas elegeram o Chateau Madeleine californiano como o melhor chardonay porque a degustação era blind (achando que todos eram Bordeaux…). Infelizmente no Brasil a maior parte dos críticos olha a procedência e o produtor e decide se é bom ou não, antes de provar. Por isso, compramos lixo caro nas importadoras (só por que é “brunello” presume-se que é ótimo…), achamos que o que vem de RS é legalzinho sempre (às vezes é ótimo, outras uma bosta) e desprezamos descobertas com esta. Como você me apresentou a exemplares maravilhosos do RS, digo parabéns para esse do Paraná. É por isso que você é a única “crítica” de vinhos no Brasil que considero na hora de abastecer minha adega. Se a opinião não é indepentende, para mim não serve. bj

    • sommelierprofissional Says:

      Oi Claudia. muito obrigada pelo comentário, é muito, muito gentil da sua parte. Sim, sou totalmente independente, degusto sempre às cegas e não me impressiono facilmente com apresentações nem almoços e degustações. Na minha opinião essa é a única forma de degustar imparcialmente, na minha opinião. Este vinho do Paraná, dentro de toda sua simplicidade, vale a prova. Dá pra comprar direto no site do produtor. http://www.dezemvinhosfinos.com.br/. APAREÇA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: