Masters of Food and Wine – Mendoza – Argentina

by

Não sei se comentei com vocês, fui convidada pelo Park Hyatt Mendoza para participar como Sommelier do Masters of Food and Wine, um evento que o hotel organiza em diferentes cidades do mundo, com chefes e sommeliers para apresentar aulas, degustações e passar tempo junto, trocando ideias, impressões e, sobretudo, experiências sensoriais.Estou tendo a oportunidade de conhecer alguns dos grandes sommeliers da Argentina e de fora, degustando com eles e aprendendo muito. Clicando na imagem, podem ver todos os que estão aqui comigo.

Além de todos os sommeliers convidados para o evento, terei a honra de fazer a apresentação dos vinhos ao lado do respeitadíssimo escritor de vinhos Patricio Tapia, autor do guia Descorchados de Vinhos.

Esta manhã fomos para a região sudeste de Mendoza, para o zona de Maipu. Estamos em uma região bem árida (200 mm de chuva por ano) e toda a vegetação é uma flora natural linda e seca. Apesar de seco, a vinha cresce bem por aqui graças a um sistema de irrigação que utiliza água de degelo e da pouca chuva e a distribui por toda a região. E, especialmente na região de Maipu, há uma produção consistente de oliveiras e seus frutos, olivas e azeite. Apesar de estes sistemas de irrigação parecerem modernos, quando os espanhóis  chegaram, os Huarpes,  povo local, já tinha tudo isto aqui bem organizado. Aliás, me contaram, o sucesso da agricultura em geral da região se deve ao fato de que eles usam muitas técnicas antigas Huarpes para desenvolver a agricultura local.

Começamos por uma visita do fenomenal artista plástico Sergio Roggerone. Vale a visita para conhecer sua pintura extrema: delicadeza de imagem, com força de cores, suas virgens mesclam calma, brilho e energia.

Seguimos para a Bodega Zuccardi. O mais legal desta bodega é conhecer Pepe Zuccardi e seus três filhos, Julia, Miguel e Sebastián que trabalham com energia na casa e recebem a todos como se fôssemos amigos íntimos. Bom, na verdade, o mais interessante mesmo, além dos produtos que já conhecemos, pois muitos estão à venda no Brasil, é ver o trabalho de pesquisa e investigação desenvolvido por eles, com uvas pouco conhecidas – como as da região italiana da Campania (a família de Pepe vem de lá) Greco, Fiano e Aglianico, mas também microvinificações experimentais de Nero d’Avola, Touriga Nacional, Albariño entre outras.

Pepe Zuccardi morde a doce Malbec

Degustamos um Chardonnay Viognier 2009 perfumado, com notas de pêssego maduro e um toque fresco. Na boca é cremoso e alcoólico, também com uma notinha fresca no final. O Torrontés Chardonnay, também 2009 é alcoólico, com notas de manga e sentimos a madeira, tanto no nariz como no retrogosto.

Da Serie A, todos 2009, o Bonarda é delicado e frutado, com um toque floral. Na boca é delicado, mas tem força tânica. O Malbec é bem clássico, apesar de não tão exuberante, mais delicado, com um toque floral. Na boca é redondo com taninos ainda apertados e finalzinho amargo. O Syrah me pareceu interessante porque sai muito do que estamos acostumados a provar: tem toques de tabaco, tostado, boa fruta. Na boca é cheio, redondão, mas com frescor e, o mais curioso, tem um toque salgado que dá frescor ao conjunto, tornando-o ótimo para comer.

Da linha “Q”, provei o Malbec 09, ainda fechado no nariz e duro em boca, com taninos firmes, ainda arisco e final quente. Um tempo em garrafa deixará tudo mais fundido, com certeza. E isto ficou evidente ao provar o Tempranillo 2006: bem mais integrado, com um nariz cheio de fruta bem definida e madeira, com notas de baunilha, tudo misturado. Idem na boca: rico, redondo, denso, tudo fundido.

Além dos ótimos vinhos, têm uma produção consistente de azeite de oliva. Visitamos a produção de olivas e a sala de produção. Não deixem de conhecer esta parte do incrível trabalho da família.

São azeitonas chegando à prensa, não uvas.

 

As azeitonas são esmagadas e prensadas

Aqui sai o azeite, puro, perfumado, com notas de maçã verde, rico, tânico, picante e com um toque amargo e delicioso no final.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: