O vinho do Zena

by

O Zena é um restaurante, na verdade, chama-se Zena Caffe, então a ideia parece ser a de um ambiente simples e amigável. E é, apesar de nada ser realmente descontraído no bairro dos Jardins, aqui em SP. O chef lá é o agitado (pelo menos em se tratando de Twitter) Carlos Bertolazzi. No último dia 25 de Janeiro lançaram seu próprio vinho. Selecionaram um produtor toscano para importar sua pequena produção com exclusividade para o restaurante-caffe.
Provei o vinho em casa e o vinho tem um nariz apimentadinho e com um toque de cereja no álcool. Sobra um pouco de álcool, e aparecem toques de fruta e ervas amargas (tipo estragão).
Na boca é picante,alcoólico, tem um toque adocicado na textura, mas, assim como no nariz, peca pelo excesso de álcool. Fora isso, é fácil de tomar. A noite estava quente, então refresquei um pouco o vinho, o que melhorou consideravelmente a percepção do lado alcoólico. Meu marido colocou umas costelas de cordeiro no forno, cobertas com coentro e alho e pronto, o vinho ficou mais frutado e fresco. Ou seja, por causa de seu lado de especiarias e ervas amargas, vai bem com pratos que tenham esses elementos. As carnes com gordura ajudam a absorver o álcool, equilibrando um pouco as arestas dos vinhos.
O Zena fica na r. Peixoto Gomide, 1901 -SP – SP
o fone lá é 11.30812158

5 Respostas to “O vinho do Zena”

  1. Jose Says:

    Ola!

    Entao ir ate a italia, comprar um vinho da direito a chamar de seu o vinho??

    Do Zena, seria se eles produzissem o dito cujo, nao????

    Patetico esse povo!!!

    Alem, totalmente copiado do Bottagallo, outros que acham que comprarn e igual a produzir!!!

    • sommelierprofissional Says:

      Jose, tudo bom?. Você pode ir até um produtor, provar os vinhos dele, comprar toda uma produção e, em parceria com ele, pedir para colocar seu nome no rótulo. É uma prática normal, não acredito que seja patético, é apenas uma abordagem diferente à questão da marca. Obrigada por comentar

  2. Tweets that mention O vinho do Zena « Alexandra Corvo -- Topsy.com Says:

    […] This post was mentioned on Twitter by Carlos Bertolazzi, Alexandra Corvo. Alexandra Corvo said: O vinho do Zena: http://t.co/6Y52Mf0 […]

  3. Claudio Says:

    Quanto ao comentário do José, corrija-me se eu estiver errado Alexandra, mas com um pensamento por semelhança, com certeza ele já tomou diversos vinhos com uvas não produzidas pela vinícola que nomeia a garrafa, ou seja, nem todos vinhos “que chamam de seu” são realmente deles se pensar dessa forma.
    Não vejo problema algum em “batizar” uma garrafa com o nome do restaurante, se este identificar o produto com a personalidade do estabelecimento.
    E só pra corrigir, com certeza o Bottagallo não foi pioneiro na prática.

    • sommelierprofissional Says:

      Sim, Claudio. Muitos produtores de vinhos não são produtores de uva. E muitos negociants que colocam o nome no vinho, nem produzem o vinho, apenas o criam e engarrafam. Claro que o Bottagallo está longe de ser pioneiro e, pessoalmente, acho a ideia de ter o vinho da casa interessante.
      abraço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: