Almocinho básico

by

almocinho de sexta

Sexta feira, no almoço lá na escola, tivemos o clássico: arroz, feijão, bifinho, batatas no forno e espinafre puxadinha com azeite e alho. Para tomar – na sexta, eu e as meninas que trabalham comigo tomamos um vinhozinho no almço : Errazuriz Carmenère. Perfeito: os vinhos de carmenère mais simples, sem super extração ou passagem por carvalho têm um aspecto muito harmonizável. Eles costumam ter excelente acidez, são mais magrinhos e o melhor: têm aromas de comidinha do dia a dia. Notas de legumes, pimentas, pimentão ou páprica, coisas que temos sempre em casa. Por causa dessas notas de vegetais, funciona bem com a comida do dia a dia brasileira, feita basicamente de vegetais (arroz, feijão, algums legume) e com uma carne básica, sem molhos, que tem apenas sabor de carne. Por este lado, o frescor do vinho, sem excesso de corpo ou extração, também é o responsável pela combinação feliz.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: